25.6.09

Dia 4 - Duas receita bem facinha pras minha amiguinha lá de casa


Pensei especialmente no Rafa. O Rafa veio me visitar aqui no ano passado e eu falei pra ele que ele podia pedir qualquer comida que eu fazia pra ele. E ele pediu moqueca porque achou que era complexo. Rerrê, Rafa, te enganei. Moqueca é delícia, mas é super facinho de fazer. Hoje as receitas não são de moqueca, mesmo porque já ensinei o Rafinha a fazer numa conversinha de 1 minuto no Gemeio. Eu sei, você não consegue mais aguentar a expectativa! Mas que receita é essa?, pergunta-se, impacientemente. Calma, pequeno gafanhoto. Passinhos de bebê na arte de impressionar as visitas.

Receita pra dummies N.º 1: Carne de Panela. De pressão. Deixei o "de pressão" de fora do nome porque sei que é que nem cuca malvada e o povo se pela de medo. Ontem à noite a janta foi muito sucesso. Eu sou tão palmirinha, que usei receita da anamaria que eu vi no saite. E agora fui googlar de novo e não acho de jeito nenhum. Mas ó. Fácil mesmo, tá?

É assim, ó. Na panela de pressão, você mistura os ingredientes abaixo e cozinha por 1/2 hora.
  • 2 latinhas de cerveja;
  • 1 lata de molho de tomate e a mesma medida de água;
  • 1 pacote de sopa de cebola em pó; * e
  • 1 kg de carne (pode ser até músculo) cortada em cubões.
E receba os parabéns das visitas.

* (Nesse ponto você vê se está bom de sal. Se tiver pouco, ou você põe mais sopa de cebola em pó ou põe mais sal. Mas acho que não vai precisar).


Ai, mas Ioney, eu sou super dã, me explica melhor? Explico, flor do dia. Explico porque um dia eu sofri também com a minha inguinorância e compreendo sua dor. A gente olha a carne e vê se está bem vermelha. Vou ter que admitir que eu não tenho idéia de que carne é qual. Tipo, o que é patinho? O que é coxão mole? Só sei que eram essas que minha mãe me mandava trazer do açougue quando eu era pequenina. Então tudo que tem a ver com corte de carne, eu pergunto pra minha mãe. Ou pro meu irmão.Se a carne estiver ficando meio marrom, vai dar ãrgui e você não vai nem querer comprar.

Pra panela não explodir na sua cara, basta você prestar atenção em 2 coisas: não encher mais da metade da panela e ver se o buraquinho da tampa não está entupido. Tá tudo bem? Tampa a panela de pressão, põe no fogo alto. Quando começar a fazer tchi-tchi forte, conta uma meia hora. No fogo baixo (ou médio, o Binho me disse nos comentários). Praqueles que ainda não descobriram que a panela de pressão é sua amiga, explico como faz pra ver se já está bom. Coloca a panela na pia, joga água da torneira em cima até a pressão sair toda. Dá pra saber quando saiu a pressão simplesmente porque você vai tentar abrir a panela e vai conseguir. Cabou. Sério. É só isso mesmo.

Como eu invento moda, coloquei alho (inteiro: tipo uns 4 dentões) e pimenta caiena em pó. A receita pedia cerveja preta, mas eu coloquei cerveja normal mesmo. E achei que podia colocar menos água ou até mesmo nem colocar água. Pra engrossar o caldinho, eu separei um pouco com a concha, botei numa vasilha, e peneirei (pra não ficar bolotas) umas 2 ou 3 colheres de sopa rasas de Maizena. Não exagera na Maizena porque estraga mes-mo se colocar muito. Enquanto isso, a panela destampada estava no fogo bem brandinho. Misturei a Maizena até não ter mais aquelas bolinhas brancas e coloquei de volta na panela, com fogo baixo até fazer borbuia. A gente fez purê de batata com alho fritinho e cozinhamos vagem (espirra um limão, põe sal, pimenta-do-reino: lamba os beiços). Dá pra umas 4 pessoas normais. Ou seja, nenhuma que coma que nem o nosso roomie (ói o cotovelo, zenti).


Receita pra dummies N.º 2: Caldinho de Feijão
  • 2 xícaras de feijão cozido;
  • umas 3 ou 4 fatias de bacon (que não sejam muito grossas);
  • um punhadão de salsinha picada (ou coentro, pra quem gosta).
Fico com muita raivinha quando as receitas começam assim: 2 xícaras de chá de feijão cozido. Sem explicar comafas. É assim: ou você cozinha o feijão na panela de pressão (ai, ai, tratamento de choque hoje, quei?) por 15-20 minutos ou coloca de molho por hoooooras e cozinha na panela normal e sem graça por, tipo, horas também. Pra quê? Na panela de pressão, vai rapidinho.

Mas, Ioney, eu nunca fiz feijão na vida! Ouquei, eu te levo pela mão. Assim, ó: escolhe no supermercado o pacote que tem feijão mais claro. Se estiver meio murcho e quebradiço e escurão (eu uso o feijão de São Paulo, o carioquinha), não curto. Aí em casa você separa tipo 2 ou 3 xícaras de feijão e escolhe (ou seja, tira tudo que estiver feio, furado, quebrado, esquisito). Lava e põe na panela de pressão com água suficiente pra cobrir e ainda deixar uns 2 dedos de sobra. Quando começar a fazer tchi-tchi forte, abaixa o fogo e espera uns 15 minutos. Vê se está bom. Mas hein? Vai estar bom se você abrir a panela e pescar um feijão de lá de dentro com uma colher, com cuidado pra não queimar a mão e a cara com o bafão quente que sai da panela quando você destampa. Se o feijão estiver maciinho, você venceu mais esse desafio da culinária brasileira. Se não estiver, tampa de novo, fogo alto, espera fazer tchi-tchi, fogo baixo, espera mais uns 5 ou 10 minutos. Ah, o caldo do feijão só fica grossinhodiliça no passo posterior. Quando você olhar praquele feijão cozido na panela, vai ficar com pena de quem for ter que ingerir aquela água suja. Não se preocupe, não está suja de verdade. É assim mesmo: dãããããããã.

Aí ou:
  1. você vai fazer feijão normal (nesse caso: frite alho amassado num fiozinho* de óleo ou azeite, coloque o feijão com a água do cozimento lá, 1 folha de louro, fogo alto até fazer borbulha, abaixa e espera apurar o caldo. Se não tiver saco de esperar muito, amassa com a concha um pouco do feijão cozido lá dentro e espera um pouco); ou
  2. vai fazer essa sopinha mágica.
*Fiozinho: Com pouquinho óleo saindo da lata, conta 3, 4 segundos.

Se escolher a opção 2, texplico. Bate o feijão cozido com  a água no liquidificador e espera um pouco com ele lá. Começa com o fiozinho bem inho de óleo na panela fundinha e coloca bacon cortado em pedacinhos bem miudinhos. Frita os coisinhos até ficarem tostaditos (eles encolhem, quei?, e soltam gordura). Ni que você está esperando os coisinhos ficarem tostaditos, enquanto estiverem ali no meio do caminho, coloca alho aos pedações. Eu sempre taco alho mesmo. 3, 4, 5 dentões. Põe sal ou talvez até um cubinho de caldo de carne, uma folha de louro, se quiser, e espera. Fogo alto até borbulhar. Se quiser mais grosso, abaixa o fogo e espera com a panela destampada. No fim, coloca salsinha picada. Põe numa xicrona de sopa, se enrola na coberta e vai ver tevê. Em vez de bacon, pode usar bacon de peru, também, mas fica meio quebradiço e não dá tanto gosto. Aí eu completaria com um caldo de bacon, tomando cuidado com o sal.

Será que deu pra entender? Se não deu, me pergunta e eu explico.

7 comentários:

  1. Ioníssima, já sou crescidinha e não tenho o menor medo da panela de pressão, então essa receita da carne assada me seduz sem neuras. Acho que vou tentar. Mas me diga, não precisa dar uma coradinha na carne? Tenho horror de carne branquela, fia.

    ResponderExcluir
  2. Sem acentos porque nao estou no meu computador.

    Super Lys, tambem nao gosto de carne branquela. A que eu fiz ontem nao ficou branquela, mas imagino que se voce der uma coradinha, so vai fazer melhorar o resultado, nen?

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei isso. Vou testara as duas.

    ResponderExcluir
  4. Momento: me conta depois.

    Ligia: que bom que gostou! Facinho de fazer, né?

    ResponderExcluir
  5. Iongs, tenho diquinhas de irmão cunzinhero:
    1- pra engrossar o caldo da carne de panela por exemplo dissolva antes a maizena em água fria, vai adicinando na panela e mexendo. Não empelota nadinha.
    2- Quando for utilizar a panela de pressão, depois que começa a fazer tchi tchi, pode colocar o fogo no médio porque senão a pressã fica muita.

    Beijo e parabéns pelas receitas para dummies. hehe!

    ResponderExcluir
  6. Ai, omiti esse pequeno detalhe. De ter que abaixar o fogo quando faz tchi.

    ResponderExcluir
  7. ligia disse...
    Oi Ioney,
    Fiz a receita da carne de panela, mas eu coloquei só uma latinha de cerveja e usei a preta mesmo (Caracu, hehehe), o caldo ficou bem grossinho e a carne muito saborosa.
    Depois vou testar a receita do caldo de feijão!

    PS. To adorando os posts diários

    6/27/2009 11:42 AM

    ResponderExcluir