31.3.09

Pergunta:

Atividade onírica intensa deixa a gente cansada? Eu tenho pra mim que deixa. Porque eu acordo e já digo não-quero-ir assim que abro os olhos. Ou antes. Porque quero dormir e descansar meu cerebrinho e meu corpo de senhorinha acima do peso. São sonhos ou com histórias de livros de fantasia, com lutinha, espada e cavalo e tudo, ou tomando decisões ou fazendo inventório de conteúdo de sacolas (um livro, uma caixinha de mentas, blablablá, um peixe fresco). Aí eu acordo porque eu não ia misturar livro com peixe. Nunca! Geralmente só tenho esses sonhos cansativos de domingo pra segunda, mas agora andam mais frequentes. Quer dizer, a minha memória deles. Sinto quase como se fosse dupla jornada intelectual/mental. Mas não vou pedir pra não lembrar nunca mais. Porque, embora bem raramente, eu sonho que estou voando. Me dá até uma coisa de lembrar dos meus sonhos quando eu estou voando. Que eu amo e espero ter mais. Aquele impulso que me pega assim na altura do peito e me levanta. Uma das melhores sensações. Houve o tempo também em que eu sonhava com coisas que ainda não tinham acontecido. Nunca era nada que mudasse o destino se. Uma aula na faculdade (eu sonhei com o que o professor estava dizendo sobre determinado assunto). E (já devo ter contado em algum blogue: sou senhora, não lembro) com as meninas que se tornaram minhas amigas de cursinho. Sonhei com a sala de aula tal como era sem nunca tê-la visto, os lugares onde a gente se sentou, e só essas 3 meninas olhavam pra trás, pra mim, em vez de prestar atenção no professor.

3 comentários:

  1. Medinho de sonhar com coisas que ainda não aconteceram...

    ResponderExcluir
  2. Sonho sempre com tubarões fora d'água. E eles são como nós: trabalham, perambulam pelas ruas, xingam, dirigem mal, bebem, jogam lixo na calçada, roubam, estupram, matam, amam, constroem templos e igrejas, penitenciam-se, perdoam-se, cometem novamente os mesmos pecados...A única difereça é que eles sempre me parecem mais elegantes. Talvez por causa das barbatanas.

    ResponderExcluir
  3. Eu já sonhei com uma namorada que nunca conheci (e até hoje imagino quem seria), mas o mais freqüente (dos que lembro) são os sonhos cinematográficos. Uma vez sonhei que era um funcionário da ONU indo escoltar um preso político em Moscou, por exemplo.

    Agora, voando acho que nunca sonhei...

    ResponderExcluir