21.5.08

Será que eu chego a 20 hoje?

Mas é que minha vida consiste em (tentar) tirar comida dos buracos dos dentes (que estavam na horizontal: buracos duplamente maiores), vir pro trabalho e ler o meu Reader e os livros alugados.

"His first thought on getting out of bed—if he had any thought at all–was to get back in again."

Você conhece a Maira Kalman? Eu aluguei The Principles of Uncertainty faz mais ou menos um mês. Porque eu li no Reader sobre a Maira. Porque eu sou viciada e não paro de ler. E vendo o trabalho dela, parece que é fácil ser criativo. Que simplesmente sai assim. Que é só pensar e, pronto, é arte. Que é só pintar e tadá. Os 1000+ itens que eu tenho pra ler no Reader me paralisam mesmo. Eu fico vendo os que as pessoas fazem, desenham, costuram, fotografam, criam. Eu fico só vendo. Não consigo mais fazer nada. Eu saio, eu compro Moleskines, eu compro lápis de cor que são o máximo (nunca pensei que era assim que lápis de cor tinham que ser), eu acho um livro com todos os quadros do Van Gogh na promoção -- junto com o livro de 600 cruzadinhas (impossíveis) e o de caça-palavras que me distraíram quando eu estava muito grogue e weeeeee até pra ler. Mas não consigo nem escrever aqui. Nem estreiar a primeira página do caderno de aquarelas. Ou começar a aprender a lidar com a máquina fotográfica super bacana que eu comprei.

Aliás, assunto totalmente nada a ver com o resto, tava querendo comprar um laptop mas mandei e-mail pro meu irmão, pro namoradinho da minha sobrinha, pro irmão do roomie. Ninguém quer me ajudar a fazer uma configuração legal mas não muito cara. Até pensei em Mac, mas é bem mais caro que PC. Alguém? Alguém?

Nenhum comentário:

Postar um comentário