28.2.08

Minha lista de preferências

Monix e Helê, as Duas Fridas, escreveram as listas delas inspiradas na de Bertold Brecht. Aqui, a minha.

Alegrias, até as mais pequenas
Dores, as que tenham fim.
Casos, os inconseqüentes.
Conselhos, com colo e sorvete.
Meninas, as curiosas.
Mulheres, as suaves e fortes.
Orgasmos, juntos ou sozinha.
Ódios, os passageiros.
Domicílios, nosso travesseiro.
Adeuses, os bem ligeiros.
Artes, as provocativas.
Professores, os apaixonados.
Prazeres, da carne e do espírito.
Projetos, sempre brotando.
Inimigos, que não tenham as armas de Jorge.
Amigos, pra abraçar.
Cores, pros olhos e pros dias.
Meses, de primavera e verão.
Elementos, cuja ordem não altere o resultado.
Divindades, só se você quiser.
Vidas, com trilha sonora e "cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama"*.
Mortes, as fulminantes.

*do Cordel do Fogo Encantado

5 comentários:

  1. uai, vc gosta dos 'adeuses' ?

    ResponderExcluir
  2. 'Ódios, os passageiros.'

    Adorei. :)

    ResponderExcluir
  3. Isa, só gosto se forem breves...

    Neutron, você está de volta no meu Reader! Eba! Pra que gastar nossa beleza com ódios, né?

    ResponderExcluir
  4. Adorei a sua versão, Inhone. Quando passar por lá deixe pegada pra gente retribuir a visita ;-).
    Aquele Abraço,
    Frida Helê

    ResponderExcluir