21.6.07

Lição No. 3 - quando ligar? E: o que isso significa?

Presta atenção, que sua cabecinha está muito cheia de preconceitos e aproveitando isso eu vou tentar colocar outras idéias mais preconceituosas na sua cabeça, mas dessa vez, pro lado das meninas.
A história é a seguinte. Mocinho conhece Mocinha, trocam telefones, tudo muito lindo. Cada um fica esperando o outro ligar. Mocinha pensa: "Não vou dar mole, ele tem que achar eu sou difícil, é isso que hominhos esperam". Mocinho não pensa, Mocinho se envolve com outras coisas e esquece o assunto, até que um dia abre a carteira pra recolocar camisinha -- que ele usou a outra que estava lá no finde com uma outra moça que conheceu numa balada muito forte -- e encontra o pedacinho de guardanapo com o telefone da Mocinha. E resolve não ligar, agora não dá tempo, ainda tem muuuuuuito o que fazer hoje e resolve deixar pra mais tarde (o que significa que pode ficar até pra próxima semana). Enquanto isso, Mocinha já se pergunta o que aconteceu, se Mocinho não gostou do beijo, se ela deixou ele passar a mão onde não devia e agora ele tá achando que ela não é ajuizada, de família e casadoira
(*Isso tudo é muito complicado. Se a mocinha não parecer que é, Mocinho vai ficar achando que ela não presta. Mas se ela der a entender que é assim, Mocinho assusta e pula fora. Se ela faz que é hominho, daí ele não quer, porque acha que Mocinha não está interessada -- qual é o segredo de Tostines?*).
Mocinha não aguenta mais e resolve, finalmente, ligar. Não, ela ainda não tinha colocado o telefone na agenda, ela sabe que pode dar errado, nem sempre o que parece ser, é. E agora, prestem atenção, chega a parte importante desse longo post, longo posto que para dummies: quando Mocinha liga, não quer dizer que está apaixonada.
Estaria eu ouvindo mocinhos gritando de terror por conhecer a Verdade? Sim, meninos, quando as mocinhas ligam, não pensem que estão apaixonadas, e MUITO MENOS que elas querem casar. As mocinhas de hoje são muito modernas, não se apaixonam por aí, na rua, assim, nem querem casar com o primeiro que aparece, por melhor que esse novo mocinho que ela conheceu pareça quando comparado aos demais mocinhos. Repito: não está perdida de amores, nem quer casar e, portanto, você, mocinho, não precisa fugir, morrendo de medo.

(*Eu não sei o que é pior: mocinho com medo de moça apaixonada, ou mocinho imune, ou mocinho traumatizado -- isso dá assunto pra outra lição*)

9 comentários:

  1. Oi, passei por aqui e curti muito teu blog. Sobre mocinhos, eles são tão tão que sempre acham que as mocinhas estão caidinhas, né. Não adianta avisar que não.

    ResponderExcluir
  2. Sempre que eu liguei os babazeus concluíram que eu estava apaixonada. E ficaram insuportáveis. Desapaixonantes.

    ResponderExcluir
  3. Ione, faz uma série: Lições para Mocinhas de Fino Trato?

    ResponderExcluir
  4. #1 hehehe... E nunca prestei atenção em como faço! Acho que depende do interesse. Sei lá!

    #2 A considerar as datas das duas últimas postagens, as aulas já começaram e você está sem tempo até para se coçar!

    #2 Você curte escutar música? Tem iPod? Escuta música no computador? Já foi no sítio do (www.)last.fm? Fico curioso para saber o gosto musical dos meus vizinhos de blogosfera!?! O meu está lá no blog, mas não sei se tu vais lá...? Quer me adicionar no MSN, mesmo eu avisando que sou tagarela?!?!?!

    #3 Esse lance da louça, é uma questão bem estressante, tive uma namorada que a louça acumulava do sábado à noite, domingo até segunda de manhã, quando chegava a "auxiliar de serviços domésticos". E quando esta faltava na segunda-feira, o que acontecia? O que? eu lavava a louça, porque não aguentava mais aquela zorra total na pia!!! ¬¬

    #4 É isso, beijão procê!

    ResponderExcluir
  5. p.s.: #3 o louça da casa dela e da mãe... Tipo, eu adoro lavar louça, mas não montanhas de louças! =)

    ResponderExcluir
  6. putz meu, manja aquela máxima "não estou te dando mole, só sou legal?"... pois é, ainda tem mané que pensa que um telefonema e um encontro significa namoro - o que tornou-se o casamento de anos atrás...
    Afe, que saco!

    ResponderExcluir
  7. Eeeeeeiiii!! Clássicos do 'Didentro'! Eu já fazia isso!

    ResponderExcluir