24.4.07

Como fazer a barba de um ser humano do sexo masculino, mais ou menos como um barbeiro indiano faria

Eu até postaria fotos, hein?, pra ficar super explicativo. Mas você sabe da situação com o computador. Ainda estamos usando um laptop alheio (só coloquei o treco para poder acentuar porque quero usar meus acentos enquanto posso) . *

Enfim, não tenho muito segredo a coisa toda, Andrea. Tenho certeza de que, como eu, toda menininha de 5 ou 6 anos, encantada com o seu pai, quis acompanhar todo o processo de fazer a barba bem de perto. Tipo trepada na pia (opa, prevejo que muitas pessoas vão googlar essas palavras pornôs).

1. Você começa com toalha umedecida com água quente. Deixa a toalha descansando no rosto do moçoilo, tomando cuidado pra toalhar não esfriar. Enquanto ela ali descansa, você vai fazendo movimentos circulares com as pontas dos dedos (com as mãos sobre as toalhas, não sob). Faz isso por uns bons minutos.

2. O próximo passo é o óleo de barbear. Não sei se tem isso fácil de achar em qualquer lugar (o B. ganhou de presente). Umas gotinhas nas palmas das mãos Continua com as massagens circulares por todo o rosto barbado, incluindo pescoço (que parece que é a parte que mais dói na hora de barbear).

3. Em seguida, barbear. Passe creme de barbear, massageie e barbeie. Essa é a parte que não tem nada a ver com o barbeiro indiano, porque eles usam navalha, não essas coisas sem-vergonhas que a gente usa. Barbeie bem devagar, no sentido contrário do crescimento dos pêlos. Se faltar creme, coloca mais creme. Eu fui fazendo por pedacinhos e quando terminava uma parte, passava toalha úmida pra ir limpando. Que mais? Loção pós-barba. E, no fim de tudo, massageie as têmporas, a testa, as maçãs do rosto.

O mocinho vai dormir feliz. E você também.

8 comentários:

  1. muito obrigada pela explicação detalhada. sabe, eu sou clueless sobre barba porque meu pai sempre usou barbeador elétrico. e como oriental tem pouca barba então sempre era uma coisa vapt vupt. nada que exigisse algum método. agora o meu namorado tem bastante barba e usa gilete prestobarba e sabonete. usar tolhas quentes, realmente faz sentido porque deve abrir os poros ! eu nunca vi óleo de barberar por aqui, nem sabia que existia, vou atrás. se não achar vai sem óleo mesmo. mas, você tem certeza que é pra fazer no sentido *contrário* do crescimento dos pêlos ?? eu sempre achei que era para passar a gilete no sentido *do* crescimento ! como você vê não entendo nada de barba.

    ResponderExcluir
  2. Andrea, sabonete não! O horror! É mais ou menos como lavar o cabelo com sabonete!

    Tenho certeza de que a gente deve barbear os pêlos no sentido contrário do crescimento. Se não, vai ficar aquela capa de pêlo mal cortada pelas lâminas, uma coisa não muito bonita.

    Toalhas quentes são tudo. Por isso que tem alguns moços que se barbeiam no chuveiro. O óleo serve pra lâmina escorregar. Você pode usar só o óleo, ou óleo + creme de barbear.

    Se não achar óleo de barbear, vou chutar aqui que dá pra usar óleo tipo de bebê, de preferência sem cheiro. Deve funcionar igual.

    ResponderExcluir
  3. eu admiro.
    porque eu sinceramente não tenho vocação pra gueixa...

    ResponderExcluir
  4. Ufe, sarava, MC! Perdoo a quase ofensa do comentario porque sei que voce esta em fase de TPM.

    Nao eh questa de ser gueixa. Eh questa de fazer coisas legais pra alguem. Se seu namorido te fizer uma massagem daquelas, voce acha que ele esta sendo um gueixa-man? Eu acharia que nao. Se a gente faz a barba deles (e nao eh sempre, veja bem, it's a treat, como uma massagem), tambem nao acho que esteja sendo gueixa.

    ResponderExcluir
  5. não quis ofender não!
    é que eu acho uma coisa gueixa sim.
    prefiro agradar de outras formas.
    não tenho vocação pra esses rituais.
    tenho vocação pra outras coisas, tipo trazer um bolinho que eu sei que ele gosta pra ele, deixar bilhetinhos supresa no espelho do banheiro, fazer cafuné e coçar as costas.
    mais simples e menos ritualístico.
    tem gente que gosta ué, eu não tenho isso dentro do meu ser.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Toalha quente e tudo? Que maravilha! Só tive a felicidade de usar toalha quente quando fui em barbeiro (como se fazia antigamente)...

    E é claro que os dedos delicados de uma moça são muito melhores do que a mão de pedreiro de um barbeiro!!!

    ResponderExcluir
  7. Menina, tenho que encaminhar esse post para a minha namorada. Ela já disse que quer me barbear, mas nunca tive coragem de deixar, hehe... Tudo bem por aí nos Isteites?

    ResponderExcluir
  8. Eu faço a barba sempre no sentido contrário ao que nasce o pêlo. Além de ficar com o rosto liso (fazer a barba "a favor" do pêlo sempre deixa aquela sensação áspera no rosto, de trabalho incompleto), dá pra passar uns 2 ou 3 dias antes de ter que encarar a gilete de novo.

    Sobre lâminas, prefiro aquelas mais caras do que as descartáveis (Excel ou Mach 3), porque duram mais e não agridem tanto a pele.

    E toalha quente na cara é sempre uma delícia. Bom para o pós-banho de domingo de manhã. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir