20.6.06

Aí eu descobri que eu engordei 1,5 kg

E isso já me deixa preocupada, porque eu sou pequena. E, tipo, eu nasci para ser gordinha, eu sei. Mas a calça que fazia um ano e que ficava com cara de fiz-cocô e que teimava em descobrir o meu cofrinho para o mundo agora está cabendo de novo. É muito sério isso. Preciso me pesar depois de fazer No. 2 pela manhã para saber o quanto eu realmente engordei. Eu passei o feriado com a minha mãe e, sabedora das muitas desventuras gastronômicas que venho vivendo nas últimas semanas, ela me alimentou muito bem - as in eu não parei de comer durante 3 dias.

Não tinha nada em casa ontem, modos que eu peguei uma sopinha de saquinho Vono (da minha cunhada) e tomei no almoço. E pedi spaghetti para o jantar, que eu dividi para duas refeições (ou seje, comi macarrão no almoço de hoje também). Ah, e salada, ontem. Enchi a pança de alface americana(o) - qual o gênero da(o) alface?, o que é muito bom. Sentir a pança cheia.

E hoje, finalmente, fui à feira. Comprei frutas e queijo e coisas outras. E, às 5 da tarde, comecei a fazer um missoshiro com tudo dentro. Eu teria tirado uma fota para provar que eu cozinhei, mas fiquei com preguiça. Gentê, uma beleza. Na quinta, vai ter outra sopa japonesa, que eu já pensei nisso. E na sexta, vou fazer sushi. As quartas-feiras são sempre misteriosas, porque eu dou aula na hora do almoço, então é realmente muito difícil não almoçar leite esquentado no microondas com aveia e Toddy. E o fim-de-semana, ninguém sabe o que será.

3 comentários:

  1. A alface, sempre - seja americana, lisa, roxa ou crespa.

    Em casa, nosso eufemismo preferido para spaghetti e coisas parecidas é "excessivamente nutritivo".

    ResponderExcluir
  2. Suas aventuras gastronômicas são bem simples, mas não deixam de ser interessantes. Talvez porque realmente retrata, os “dotes” culinários de muitas pessoas que tem o ritmo de vida igual ao teu...ufa! Na terça-feira, fui convidado por alunos conhecidos de um curso de gastronomia, para um jantar onde seria servido paella regado a sangria desatada... tudo perfeito (entrada, prato principal e sobremesa), fiquei encantado, como as coisas chegaram a este ponto, quer dizer, mamãe sempre seguiu um vôo solo de fogão, e putz, a exemplo da tua (mamãe), cozinha bem pra dedéu. Mas atente para novidade (pelo menos pra mim), estes tais alunos de gastronomia, pagam R$ 1500,00 mensais por um curso de 4 anos para irem pro fogão....misericórdia. Se bem que, eu pago até mais para não passar nem perto dele.

    Bom dia e bom jogo.

    Por falar em jogo, vc sempre dizia no teu blog antigo que gostava muito de futebol, não li nenhum comentário sobre a copa do mundo por aqui...enjoou?

    Tchauzinho!

    Carlos

    ResponderExcluir
  3. Ha, ha, ha...
    Mimi

    ResponderExcluir