18.1.06

Falta pouco mais de 3 meses para o meu aniversário, então

dá tempo de você pedir essa camiseta pra mim e ela chegar em casa. Quero tanto, meudeus. Tipo, eu não sou vegetariana, mas não simpatizo com a idéia de que eu abraçava os bezerrinhos no curral quando criança e coma, como adulta, carne. Eu evito carne. Quaisquer, na verdade, não só vermelha, mas não excluí da dieta. Eu gostava de abraçar vacas e tomar lambidas de vaca e eu gostei da camiseta. Teve uma vez, eu até pus nome num bezerro. Beto. Depois ele foi abatido. Não é legal saber que o seu bezerro foi comido por alguém. Nem que qualquer bezerro, etc.

2 comentários:

  1. Aqui no meu bairro tem uma cachoeira. Uma vez eu fui lá, na descida (a cachoeira fica num morro) tinha umas vacas bem no meio do caminho.

    eu desci rezando com medo das vacas.
    eu fui uma criança bem carola e com medo de vacas. mas eu morei em sítio, entrava no chiqueiro.

    ah, uma vez minha mãe fez um Judas pra mim, pra todo mundo malhar, não sei se tem esse costume aí em sp. Ela vestiu o Judas com roupas velhas minhas, eu passei o dia brincando com ele. no final, não queria deixar ninguém malhar o Judas, escondi, me afeiçoei a ele. Mas não acho que ele se compare a um bezerro, sua situação com o Beto foi bem pior.

    ResponderExcluir
  2. As melhores histórias. O apego ao Judas, ômeudeus. :)

    ResponderExcluir