2.11.05

De uma cartinha velha

N., não é triste perceber como as pessoas passam? Quer dizer, sendo assim fonte de sofrimento, melhor que passem mesmo. Mas não é triste? Como é que pode alguém ser muito importante no momento e no outro não ter mais nenhuma importância. Digo isso assim por perceber o passamento do G. Não que ele não seja importante, mas acho que é preciso um contato maior pra haver outra coisa ali. De certo modo, a viagem foi legal. Falei tantas coisas que eu achava dele sobre ele e ele ficou lá todo surpreendido porque, puxa, eu nem passei tanto tempo na minha vida na companhia daquela pessoa. Mas ele entendeu e foi legal. E ele disse que vai abrir as portinhas pra mim.

-fev.05

Um comentário:

  1. já dizia Mário Quintana:

    "estes que aí estão
    atravessando o meu caminho
    eles passarão:
    eu,
    passarinho!"

    ResponderExcluir