25.5.05

Tronga, tongolina, duh, estúpida, idiota

Resolvi começar assim. Com uma mensagem self-deprecating.

4 comentários:

  1. Ave!

    Bem retornada seja. O meu olho que transborda insone, tropeçando em começos, em vidros, baionetas e versos, te agradecerá sempre.


    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. O olho dela transbordou mais que isso, Vivianne. Maldita floresta. Bendita São Paulo que a pariu e não machuca. :)

    ResponderExcluir
  3. "Your silence most offends me, and to be merry best becomes you; for, out of question, you were born in a merry hour."
    "Muito Barunho por Nada", William Shakespeare.

    Estou feliz, mas isso você sabe. Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Argh! É "Barulho", claro...

    ResponderExcluir